TVJ1.com.br

Regionais



PUBLICIDADE

{}

Ministério da Saúde libera R$ 113,1 milhões para o Estado do Ceará e cidades do Vale do Jaguaribe são beneficiadas

Limoeiro do Norte, Russas e Jaguaribe estão entre as cidades contempladas com os recursos

03 de agosto de 2015 às 10:40

Com o incremento no teto estadual de média e alta complexidade, serão habilitados mais de 40 leitos novos e serviços SAMU, além de qualificar Unidades de Pronto Atendimento (UPAs)

A rede de assistência à saúde do Ceará receberá incremento anual de R$ 113,1 milhões para a realização de procedimentos de média e alta complexidade, como cirurgias, internações, mamografias, radiografias e transplantes. O valor, que será acrescido ao recurso já repassado mensalmente ao estado pelo Ministério da Saúde, será utilizado na habilitação de mais de 40 leitos novos, entre leitos neonatal, adulto e de enfermagem, além da qualificação de duas Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24 horas) do Estado e habilitação de seis municípios ao serviço SAMU 192. Ao todo, sete hospitais serão beneficiados com o repasse.

O incremento será liberado imediatamente após a publicação das portarias que o ministro da Saúde, Arthur Chioro, assinou nesta sexta-feira (31), durante visita à capital cearense.

Ao anunciar os recursos, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, afirmou que "o estado do Ceará ampliou demais a sua rede de atenção à saúde ao longo dos últimos anos, sobrecarregando profundamente os recursos do Tesouro Estadual. Neste momento, não há nenhum privilégio, e sim, reconhecimento". Ele antecipou que, em breve, iniciará o funcionamento do Hospital Regional de Quixeramobim, construído e equipado pelo governo do Estado do Ceará e que vai contar com o apoio do Ministério da Saúde para cofinanciar os recursos de custeio.

O ministro ressaltou ainda que embora esteja anunciando recursos para as áreas de média e alta complexidade, a atenção primária é extremamente importante para o país. Nesse sentido, Arthur Chioro destacou que o estado conta atualmente com 1.470 equipes da família que se somam aos profissionais do Mais Médicos, programa que, na próxima semana, comemora dois anos de criação. Para encerrar, o ministro destacou que "para honrar o funcionamento pleno do Sistema Único de Saúde (SUS) é preciso não só o esforço do ministro da Saúde, mas também dos governadores, prefeitos e secretários estaduais e municipais de Saúde", disse.

Do valor total, o Hospital Geral de Fortaleza receberá mais R$ 38,7 milhões. Já o Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, em Messejana, contará com um incremento de R$ 30,2 milhões. O Hospital Geral Dr. Cesar Cals terá um adicional de R$ 6,6 milhões. Para o Hospital Infantil Albert Sabin serão R$ 11,9 milhões. E o Hospital São José de Doenças Infecciosas será beneficiado com R$ 2,8 milhões. No total, essas instituições receberão R$ 90,3 milhões.

Já para a habilitação de leitos, dois hospitais serão beneficiados. O Hospital Regional Norte do município de Sobral passará a receber incremento anual de R$ 9 milhões para a habilitação de dez leitos de Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (UTIN) tipo III, 30 leitos da Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional (UCINCo) e habilitação e qualificação de leitos de enfermaria clínica de retaguarda. Já o Hospital Regional de Cariri, em Juazeiro do Norte, contará com adicional de R$ 7 milhões anualmente para a habilitação de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI-Adulto).

Além disso, duas UPAs 24 horas do município de Fortaleza contarão com recursos adicionais por já serem qualificadas. A UPA Conjunto Ceará (Porte II) receberá anualmente R$ 1,5 milhões de custeio. A UPA José Walter (Porte III) receberá R$ 3 milhões anualmente para custeio da unidade.

Outro benefício para a população cearense será a habilitação do serviço SAMU 192 em seis municípios do Estado. No total, R$ 2,3 milhões serão repassados anualmente para custeio do serviço na região, que contará com seis unidades de suporte básico e três de suporte avançado, que são equipadas para atendimento de casos mais graves. Estão contemplados os municípios: Jaguaribe, Pedra Branca, Solonópole, Limoeiro do Norte, Quixadá e Russas.

Visitas em Sobral – O ministro da Saúde, Arthur Chioro, visitou, ainda, duas unidades de saúde em Sobral (CE) nesta sexta-feira (31): a Policlínica de Sobral e o Hospital Regional Norte de Sobral. A policlínica não recebe recursos do SUS, mas presta atendimento público e beneficia 620 mil moradores da região de saúde de Sobral, composta por 24 municípios. A unidade é de atendimento especializado com realização de consultas, exames e alguns procedimentos cirúrgicos, com atendimento em 17 especialidades e realização de diversos tipos de exames.

Já o Hospital Regional do Norte de Sobral, que passará a receber R$ 9 milhões por ano, tem atendimento 100% SUS. A instituição beneficia mais de 1 milhão e 600 mil moradores da região Norte do Ceará, composta por 55 municípios. A unidade é um hospital de média e alta complexidade, ambulatorial e hospitalar, sendo o maior hospital do interior do Ceará, com 57.813 m². Atende nas áreas de obstetrícia, neonatal, pediatria, clínica e cirurgia, com 302 leitos SUS, além de ser referência estadual para neurocirurgia.

Com informações do Ministério da Saúde/Agência Saúde.