TVJ1.com.br

Mundo



PUBLICIDADE

{}

Homem recebe indenização de R$ 254 após ficar preso injustamente por 31 anos nos EUA

16 de december de 2016 às 16:52

undefined

 

Um homem ganhou uma indenização de R$ 254 (US$ 75) nos EUA, após passar 31 anos na cadeia por um crime que não cometeu.

De acordo com a legislação do Tennessee, Lawrence  McKinney poderia ser beneficiado com R$ 3,3 milhões (US$ 1 milhão) de compensação, mas ele teve sua solicitação recusada duas vezes

Um juiz de Memphis, no Tennessee, EUA, sentenciou McKinney a 115 anos de prisão, em 1978. A vítima o identificou como um dos homens que a atacaram no quarto dela

Convicto de que não praticou os crimes, McKinney lamenta as acusações.

— Eu ainda não consigo acreditar porque eu pensei que fosse um sonho ou alguma outra coisa

Em 2008, um teste de DNA apresentou evidências que confirmaram a inocência de McKinney. De acordo com o promotor do caso, “se essa evidência estivesse disponível antes, não haveria acusação nenhuma”.

McKinney foi liberado em 2009 e recebeu o pagamento de R$ 254 (US$ 75), depois de 31 anos e nove meses retido. “Eu não tive vida. Toda minha vida foi tirada de mim”, diz

Desde então, ele depende de trabalhos informais na igreja que frequenta para pagar as contas. 

“Em uma audição de exoneração, nós temos que ter evidências muito claras e convincentes”, disse a juíza Patsy Bruce, que ouviu o primeiro caso de exoneração de McKinney

Quando McKinney perguntou o motivo das provas não serem convincentes, Patsy disse que “não percebeu que não avaliou todas as provas que deveriam ser avaliadas. Não me convenci de que ele era inocente”

R7